Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Notícias

Sínodo dos Bispos dedicado aos jovens será de 3 a 28 de outubro de 2018

Sínodo dos Bispos dedicado aos jovens será de 3 a 28 de outubro de 2018

O Sínodo dos Bispos 2018, dedicado aos jovens, será de 3 a 28 de outubro. A data foi anunciada oficialmente ao término da reunião do XIV Conselho Ordinário da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos, realizada nos dias 16 e 17 de novembro e presidida pelo Papa Francisco. Um comunicado emitido hoje pela Santa Sé apresenta um balanço da reunião, durante a qual o Papa Francisco comunicou a nomeação do Relator Geral da próxima sinodal, o cardeal brasileiro Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília e presidente da CNBB. Também foram nomeados os dois secretários especiais: padre Giacomo Costa e padre Rossano Sala. Na reunião, o secretário-geral do Sínodo, Cardeal Lorenzo Baldisseri, traçou o caminho percorrido desde a convocação da XV Assembleia Geral Ordinária até os dias de hoje, concentrando-se no Documento Preparatório e no questionário enviado. Além disso, ele recordou a abertura de um portal online com um questionário para os jovens bem como dos perfis nas redes sociais e o Seminário Internacional sobre a situação dos jovens, realizado em setembro passado. Outro assunto abordado foi a elaboração do Instrumento de trabalho. Discutiram-se os critérios para a preparação do documento, a fim de que possam ser incluídas as diversas contribuições da fase de consulta ainda em andamento. Com relação ao questionário online, ficou decidido que este ficará aberto até 31 de dezembro de 2017. Entre as atividades programas, especial atenção foi dada à reunião pré-sinodal de jovens, convocada pelo Papa para o período de 19 a 24 de março de 2018. Além dos jovens que serão convidados para o encontro, foi aprovada a proposta de alargar a participação deles através das redes sociais. Na conclusão dos trabalhos, o Papa agradeceu aos membros do conselho e aos outros participantes por sua contribuição e pelo espírito de comunhão fraterna vivido nos dias de encontro. A XV Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos terá como “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”.
Mãe pede ajuda e PM amamenta recém-nascido com fome em batalhão

Mãe pede ajuda e PM amamenta recém-nascido com fome em batalhão

A solidariedade falou mais alto quando a soldado da Polícia Militar Analu, de 25 anos, encontrou uma mãe que não tinha condições de amamentar o filho recém-nascido, na manhã desta segunda-feira (20), em Guaçuí, na região do Caparaó. Diante dos choros de fome do neném, a PM não pensou duas vezes e o amamentou. Segundo a policial, a mãe do bebê foi pedir uma informação na 2ª Companhia do 3º Batalhão quando relatou que tinha dificuldades com a amamentação. “Ela falou para mim que ele estava com muita fome e que ela estava sem dinheiro. Perguntei se ela não o amamentava e ela disse que não produzia muito leite. Como eu amamento minha filha, perguntei se eu poderia amamentá-lo e ela permitiu”, contou. O bebê, que tanto chorava, logo dormiu depois ter sido alimentado e acolhido em um colo solidário. De família humilde, a mãe explicou que mora na zona rural e o filho tem apenas um mês de vida. “Foi um momento muito emocionante porque a gente lida com tantas situações ruins nas ocorrências, inclusive casos que envolvem crianças. Foi uma forma que eu vi na hora de poder ajudar”, disse a soldado Analu. A policial ainda relatou que no momento só pensou nos filhos dela, um menino de seis anos e a bebê que completa um ano no próximo domingo (26). “Tudo que eu queria na minha vida é que, se um dia eu precisasse, também aparecesse alguém para me ajudar”. O gesto delicado da soldado Analu chamou atenção do seu colega de farda, o soldado Boeno. Para ele, foi um ato espontâneo e bonito. O policial disse que no momento em que a mãe pediu auxílio, ela foi orientada onde buscar ajuda com a prefeitura. “A criança chorava muito de fome e realmente já era quase meio-dia, na hora do almoço. A soldado Analu pegou ele, foi para um lugar reservado e o amamentou. Ele parou de chorar e caiu no sono. Foi uma atitude muito bonita da Analu que é uma excelente pessoa”, contou. (Contribuiu para essa matéria a jornalista Geisy Gomes)